Archives

Notícias

Coworking ou home-office para quem trabalha a distância?

  Empresas dos EUA e da Europa já estão adotando o modelo de home-office, mas modelo de compartilhamento de espaço pode gerar contatos profissionais Quando o assunto é trabalho a distância a dúvida entre coworking e home-office é bastante comum. Mas, qual desses dois modelos de trabalho pode trazer mais benefícios? Apesar da crescente e atual popularidade do sistema de coworking, o conceito não é novo. Ele remonta aos anos 1990, embora em 2005 tenha sido efetivamente usado por Brad Neuberg para designar um espaço em que três a nove pessoas pudessem partilhar para trabalhar. O primeiro espaço de coworking, o Hat Factory, abrigava três profissionais de tecnologia. Em alguns momentos do dia, abria suas portas para que profissionais de outras áreas ou da mesma área pudessem dividir o local. A intenção do coworking é permitir que trabalhadores autônomos, mais conhecidos como freelancers, possam compartilhar ideias, fazer brainstorming e encontrar um espaço alternativo à própria casa ou aos cafés. Para isso basta ter o seu notebook e começar a trabalhar. Atualmente existem mais de 6 mil espaços de coworking no mundo todo. No Brasil há mais de mil, sendo que quase um terço desse número está só em São Paulo. COMO FUNCIONA O COWORKING? Existe mais de um modelo de coworking atualmente. Embora